• We are available for any custom works this month
  • Main office: Springville center X264, Park Ave S.01
  • Call us (123) 456-7890 - (123) 555-7891

Dia Mundial Kolping: Façamos memória e Oração

Dia Mundial Kolping: Façamos memória e Oração

Voltar

Postado por master em 04/dez/2020 -

Estimados irmãos e irmãs Kolping,

Neste dia 04/12/2020, data em que celebramos a memória do falecimento de nosso fundador, gostaria de convidá-los a meditar sobre este acontecimento significativo que também representa o nascimento do Beato Adolfo Kolping para a Vida eterna em comunhão com Deus.

Esta data é muito especial para cada um dos membros da Kolping no mundo todo, haja vista que representa um momento de reflexão e oração, pela vida deste grande homem que não soube medir esforços para evangelizar e ajudar ao próximo.

De todo modo, este ano tem uma importância ainda maior do que nos outros, pois, além dos desafios ordinários da vida, ainda estamos enfrentando uma pandemia global que mudou completamente nossas relações sociais e atividades como um todo.

Sendo assim, podemos nos perguntar: O que Adolfo Kolping faria? Qual seria a sua atitude frente a esse desafio?

Como não o temos mais entre nós fisicamente, o que resta são seus escritos que nos apontam um caminho, um modo de vida, que podem dar algumas respostas para o que estamos vivendo. Portanto convido você a ler com atenção alguns pensamentos de Adolfo Kolping para que possamos chegar a algumas respostas:

Coragem

Ele dizia: “Se tivermos coragem e confiança em Deus, com certeza, não ficaremos desonrados. Como seria desastroso se nossa esperança repousasse nos homens.

Nesta frase Adolfo Kolping afirma que devemos ter conosco dois elementos muito importantes para nossa caminhada e traçar nosso futuro. Esses elementos são: a coragem e a confiança, pois com elas não ficaremos desiludidos, decepcionados, ou, como ele mesmo diz, desonrados em razão dos acontecimentos que podem nos atingir. E a virtude da coragem está presente também nas palavras do próprio Cristo Jesus: “No mundo haveis de ter aflições. Coragem! Eu venci o mundo.[1]. Que esta palavra possa ser alento para você neste momento, para resgatar essa coragem que há dentro ti. Mesmo que possam haver perspectivas ruins e de desilusão, lembremos dessas palavras de ânimo do Beato Adolfo Kolping e do próprio Cristo, que estará ao seu lado frente a todos os desafios.

 

Confiança

Adolfo Kolping afirma: “Não quero viver em lamentações, mas ao contrário, quero olhar para Deus e confiar nele.

Nestes últimos meses, quanto podemos ter lamentado por tantas coisas que tiraram a paz e a segurança do nosso coração? A falta de emprego, de escola, das missas, até mesmo de um ente ou amigo muito querido e que nos deixou neste ano. Todas essas razões de fato machucam o nosso coração e nos tiram a paz e a segurança de que estamos falando. Essas são, em si, razões muito justificáveis sem dúvida, e de fato não podem ser menosprezadas. Mas devemos lembrar de que tudo isso precisa ser colocado aos pés de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Deus da nossa vida,
pois, é Ele quem sabe de todas as necessidades de cada pessoa humana.

[1] cf. Jo 16,33

O Papa Francisco afirmou: “A pandemia continua a causar feridas profundas, desmascarando as nossas vulnerabilidades. Há muitos mortos, muitos doentes, em todos os continentes. Muitas pessoas e tantas famílias vivem um tempo de incerteza, devido a problemas socioeconômicos, que atingem especialmente os mais pobres. Por este motivo devemos manter o nosso olhar fixo firmemente em Jesus[2] e com esta fé abraçar a esperança do Reino de Deus que o próprio Jesus nos traz[3]. Um Reino de cura e salvação que já está presente entre nós[4][5]

Mantenhamos o nosso olhar fixo em Jesus, sigamos essa indicação do Papa Francisco que também foi afirmada há muitos anos pelo próprio Beato Adolfo Kolping.

Alegria

Adolfo Kolping afirma: “Sem alegria e sem contentamento o coração humano não pode viver, muito menos na juventude. Por isso a alegria tem que ter um lugar essencial na Comunidade

Com a nossa coragem e confiança restauradas, tenhamos a alegria de testemunhar para o próximo a Salvação prometida a cada um de nós. Para Adolfo Kolping a alegria e o contentamento são as forças motoras para a vida e para que cada pessoa, cada membro Kolping, possa seguir firme em seu objetivo e, a partir disso, ter o impulso para realmente ajudar ao próximo que está à espera de um auxílio.

A vida e obra do Beato Adolfo Kolping testemunham e transbordam esses exemplos, os quais fizeram com que sua obra atravessasse décadas. Mesmo com as dificuldades de cada tempo, seu objetivo continua vivo e presente na memória de cada membro Kolping.

Tenhamos a certeza de que a Kolping só continua com seus trabalhos, atividades e ações sociais se cada um entender que: só o que é feito para Deus e com Deus permanece de pé.

Não percamos de vista a oração e a vida devocional dentro das comunidades Kolping, pois, há muitos que precisam de pão, mas também que precisam da Palavra de Deus. O próprio Cristo disse: ´”Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus (Dt 8,3)[6]. E o Beato Adolfo Kolping afirmava “Quando só se trabalha, o pão se esfarela na mão e não alimenta mais o homem, pois é na oração e no trabalho juntos que está a benção de Deus”.

Por fim, que o dia de hoje seja esse novo convite a buscar no exemplo de nosso fundador as respostas que atualmente nos afligem. Busquemos em nossas paróquias e igrejas locais, colocar na missa, nas intenções da comunidade, por intercessão de Adolfo Kolping.

Temos um Santo para nós, para a nossa Kolping, que não nos esqueçamos disso.

[1] cf. Jo 16,33

[2] cf. Hb 12, 2

[3] cf. Mc 1, 5; Mt 4, 17; CIC, n. 2.816

[4] cf. Lc 10, 11

[5] cf. Papa Francisco. Audiência Geral – Biblioteca do palácio apostólico. 05 de ago. 2020;

[6] cf. Mt 4,4

EnglishGermanPortugueseSpanish