• We are available for any custom works this month
  • Main office: Springville center X264, Park Ave S.01
  • Call us (123) 456-7890 - (123) 555-7891

Comunicado sobre as Eleições 2022

HI Comunicado sobre as Eleições 2022

Voltar

Postado por Waldir em 26/maio/2022 -

Prezados Diretores e colaboradores da Kolping Brasil,

Prezados Presidentes, Diretores, Assessores e Coordenadores das Obras Kolping Estaduais,

Prezados Presidentes, Diretores, Assessores e Coordenadores das Comunidades Kolping,

Prezados Associados e membros Kolping de todo Brasil,

 

Saudações cordiais de toda a Diretoria Executiva Nacional da Kolping Brasil!

Neste ano teremos um dos mais importantes acontecimentos da democracia brasileira, que é a eleição nacional do mês de outubro. Momento em que cada cidadão tem a oportunidade de participar de maneira ativa na escolha de seus dirigentes políticos a nível estadual e federal, exercendo o direito do voto livre e consciente.

Com uma atuação consistente e ativa em mais de 100 municípios e em 18 estados brasileiros a KOPING BRASIL vem transmitir algumas orientações a seus membros, para que possam participar da festa da democracia em sintonia com os fundamentos Kolping que são: A pessoa e o evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo; os ensinamentos da Doutrina Social da Igreja; e a vida e obra do Beato Adolo Kolping.

Observemos as palavras do Santo Padre o Papa Bento XVI, ao afirmar que a sociedade justa sonhada por todos, “deve ser realizada pela política” e que a Igreja “não pode nem deve ficar à margem na luta pela justiça” (Deus Caritas Est 28), e do Papa Francisco, quando disse aos jovens em um encontro:

Devemos participar na vida política porque a política é uma das formas mais altas da caridade, porque busca o bem comum. E os leigos cristãos devem trabalhar na política” VATICANO, 07 Jun. 13

Para os associados Kolping, participar do processo político-eleitoral, impulsionados pela fé, é tornar presente a ação do Espírito Santo, que aponta o caminho a partir dos sinais dos tempos e inspira os que se comprometem com a construção da justiça e da paz. Nosso quinto lema, “SOCIEDADE”, abarca essa característica, conforme citado na quarta parte da Oração Kolping:

“[…] Desperta em nós a esperança para podermos irradiar a alegria entre os homens. Aumenta em nós o amor para que trabalhemos intensamente para o desenvolvimento da Igreja e de uma sociedade mais humana e cristã. […]”

É por meio desta atuação que buscamos que a sociedade seja mais humana, cristã e fraterna e, por isso, nestas eleições nacionais pedimos aos membros que reflitam sobre os desafios que o país enfrenta e nas necessidades a superar nos campos da: assistência social, educação, saúde, segurança, trabalho, transporte, moradia, meio ambiente, lazer, ou seja, onde acontecem diretamente as ações para o povo.

Em relação aos candidatos, como sempre recomendamos, é necessário analisar o histórico e coerência de vida, o discurso e a prática política pautados pela honestidade, competência, transparência e vontade de servir ao bem comum, além de serem pessoas com a “ficha limpa”. Os valores cristãos e éticos devem ser o “norte” para nos orientar, levando a um contínuo diálogo entre o poder e as comunidades locais.

A atuação Kolping deve obedecer ao estatuto nacional que deixa claro: A Kolping Brasil em todas as suas instâncias é uma associação sem fins lucrativos, de caráter privado e natureza filantrópica e beneficente, atuando prioritariamente no âmbito da assistência social, podendo, ainda, atuar nas áreas da saúde e da educação, dentro da dimensão territorial do movimento nacional da Kolping Brasil, compondo o braço social da Igreja Católica.

Institucionalmente a Kolping não tem vínculo político e/ou partidário. Incentiva a participação política democrática de seus associados, mas não apoia partido ou a qualquer candidatura.

Aos associados Kolping que são dirigentes e estão à frente de Diretorias ou dos Conselhos Fiscais nas diversas instâncias e que serão candidatos, orientamos que se atentem prazo de desincompatibilização[1] antes da data das eleições, de acordo com suas condições particulares, conforme o artigo 1º, e incisos, da Lei Complementar 64/90.

No espírito de unidade e fraternidade, manifestamos nosso desejo de um país cada vez melhor e que pela graça de Deus, pela intercessão do Beato Adolfo Kolping, nossa pátria seja abençoada.

 

Diretoria Executiva Nacional

Sinesio Luiz Antonio – Presidente

KOLPING BRASIL

 

Fontes.

[1]  Disponível em < https://www.tse.jus.br/imprensa/noticias-tse/2022/Janeiro/prazos-de-desincompatibilizacao-de-diversos-cargos-comecam-a-valer-a-partir-de-abril >

CE1158 – Comunicado Kolping Brasil sobre as Eleições Nacionais 2022



EnglishGermanPortugueseSpanish